Jardins de infância, escolas primárias, escolas secundárias, universidades
No banco de dados encontram-se 9 834 escolas

Professores contestam novas condições de reprovação dos alunos no básico

Professores contestam novas condições de reprovação dos alunos no básicoFederação Nacional de Educação, que é liderada por um militante do PSD, defende que decisões destas não se aprovam em fim de mandato.

25. 9. 2015

Uma decisão “inoportuna, desnecessária e sem consenso”. É deste modo que a Federação Nacional de Educação (FNE) classifica as alterações ao regime de avaliação dos alunos do ensino básico, que foram anunciadas pelo Ministério da Educação e Ciência na terça-feira. O despacho com as novas normas já foi publicado em Diário da República.

“Entende-se mal que, em final de mandato, um ministro entenda alterar as regras de avaliação dos alunos do ensino básico, quando as decisões que toma não resultam de uma necessidade urgente e que, não tendo sido adoptadas em tempo oportuno, deveriam aguardar a serenidade que se espera de um novo governante que dentro de dois meses deverá estar a iniciar funções”, defende a FNE, num comunicado divulgado nesta quinta-feira.

As alterações aprovadas pelo ministério referem-se no essencial ao modo como a nova disciplina de Inglês no 1.º ciclo, que este ano lectivo passa a ser obrigatória a partir do 3.º ano de escolaridade, pesará na aprovação dos alunos.

À semelhança do que já se passa com Português e Matemática, também a nota de Inglês pode levar à reprovação dos alunos no 4.º ano. O que acontecerá se a classificação obtida for inferior a 3 a Inglês em conjunto com uma  negativa a Português ou Matemática e uma menção de Insuficiente numa das outras disciplinas.

A FNE lembra, a este respeito, que a introdução do Inglês no 1.º ciclo do ensino básico foi “genericamente desejada e aplaudida”, mas frisa que esta decisão “deveria ter integrado a componente do impacto da respectiva avaliação nos critérios de aprovação ou de não aprovação dos alunos”.

A FNE defende ainda que estas alterações não deveriam ser adoptadas sem antes existir “um amplo debate nacional sobre a avaliação dos alunos, claramente justificado por tudo quanto tem sido estudado em termos de níveis de insucesso e retenção que marcam muito negativamente o nosso ensino básico”.

Fonte: publico.pt

Comentários sobre o artigo

Escolas de qualidade
arrow
Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas
Vila de Santa Maria de Lamas - Apartado 107, Santa Maria da Feira
www.colegiodelamas.com
Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas
arrow
arrow
Escola Profissional Agostinho Roseta - Pólo de Albufeira
Av. D. Manuel I Lote 32 Marina de Albufeira, Albufeira
www.aar.edu.pt
Escola Profissional Agostinho Roseta - Pólo de Albufeira
arrow
Mundo da Criança
Estrada Principal (CM-1073), Barro, Torres Vedras
mundodacrianca.pt
Mundo da Criança
Se quiser adicionar a sua escola, clique AQUI.
Os próximos eventos nas escolas